segunda-feira, 8 de junho de 2020

Do Aeroporto de Lisboa para o centro da cidade

Do Aeroporto de Lisboa para o centro da cidade
Lisboa


Como ir do Aeroporto Humberto Delgado para o centro da cidade


É fácil aceder ao centro de Lisboa a partir do Aeroporto Humberto Delgado deLisboa, um aeroporto internacional a norte da cidade. O metro é o meio mais económico para chegar a Lisboa desde o aeroporto. Os autocarros shuttle demoram o mesmo tempo, mas são um pouco mais caros. Outras opções incluem os autocarros urbanos normais e os táxis.

Metro


O metro de lisboa custa 1,45 € e é a forma mais económica de chegar ao centro. Nas máquinas de bilhetes de metro do aeroporto, pode comprar o cartão Viva viagem e carregá-lo com crédito. Este sistema pré-pago, chamado "zapping", é mais económico e prático que comprar bilhetes individuais. O cartão custa 0,50 € e é válido durante 1 ano.

A viagem de metro até à estação Baixa-Chiado, no centro da cidade, demora 40 minutos.

Autocarro shuttle


Dois autocarros shuttle partem da paragem à saída do átrio de chegadas (procure o sinal "Aerobus") das 07:00 às 23:00. Um dos autocarros vai até à estação ferroviária do Cais do Sodré e parte a cada 20 minutos (30 minutos após as 21:00). O outro vai até à Praça de Espanha/Campolide e parte a cada 40 minutos. Os destinos são indicados na parte da frente. Ambos os autocarros demoram 20 a 30 minutos.

Um bilhete de adulto custa 3,50 €, embora grupos de 4 ou mais adultos paguem menos. O bilhete é válido durante 24 horas, pelo que o pode utilizar para viajar noutros autocarros shuttle no mesmo dia. Basta mostrá-lo ao motorista.

Pode comprar os bilhetes na máquina da paragem de autocarros (dinheiro ou cartão), a bordo ao motorista (apenas dinheiro) ou antecipadamente online.

Autocarro urbano


Se não se importa de fazer uma viagem de 40 minutos ou mais, também há paragens de autocarros urbanos em frente às chegadas (nota: não é aconselhável se transportar bagagens volumosas). O autocarro 722 vai até à Praça de Londres junto à Avenida de Roma, o 744 até à Praça do Marquês do Pombal e, apenas nos dias de semana, o 783 vai até às Amoreiras, nos confins do Campo de Ourique.

O autocarro noturno, o 208, vai até à estação ferroviária do Cais do Sodré da 01:30 às 05:30.

Pode comprar um cartão Viva viagem na estação de metro. Uma viagem de autocarro custa o mesmo que uma viagem de metro: 1,45 €. Também pode pagar em dinheiro a bordo, mas o preço aumenta para 1,85 €.

Táxi


À porta das chegadas, existem filas de táxis com taxímetro. Consoante o trânsito, um táxi para a estação de metro Baixa-Chiado pode custar menos de 20 € e demorar cerca de 20 minutos.

Os táxis cobram mais por bagagens pesadas ou de grande dimensão. As carrinhas têm um sinal no vidro a indicar que o preço é mais elevado.

Transportes públicos em Lisboa


A rede de transportes públicos de Lisboa é extensa e fiável. Por comodidade e para obter descontos, pode adquirir um cartão Viva viagem recarregável no início da viagem. É válido no metro, nos autocarros, nos elétricos, nos comboios e nos funiculares.

As crianças com idade inferior a 4 anos viajam gratuitamente nos transportes públicos. Nos comboios, as crianças com menos de 5 anos viajam gratuitamente e dos 5 aos 12 anos pagam metade do preço.

Cartão Viva viagem

Se pretende utilizar os transportes públicos mais do que uma ou duas vezes, é aconselhável adquirir o cartão Viva viagem à chegada. Este sistema pré-pago é mais económico e prático do que comprar bilhetes individuais. O cartão custa 0,50 € e é válido durante 1 ano. O valor é amortizado se o utilizar para mais de 2 viagens. Também pode carregar um passe diário (6.15 €) no cartão. Vale a pena se planear fazer mais de 5 viagens simples num período de 24 horas.

Pode comprar ou carregar crédito nos cartões Viva viagem nas máquinas das estações de metro, bem como nas estações de comboio, nos correios e em papelarias e tabacarias com o sinal vermelho "payshop". Os cartões são válidos no metro, nos autocarros, nos elétricos e nos funiculares, e nos comboios entre Lisboa e Cascais e Lisboa e Sintra.

Metro de Lisboa

rede de metro de Lisboa abrange 4 linhas e 56 estações. É fiável e só enche de manhã durante a hora de ponta. O sistema está a pouca profundidade, pelo que os telemóveis funcionam. Alguns bairros, como os situados junto ao rio a oeste do centro, não são servidos pela rede, mas são acessíveis por elétrico ou autocarro.

Um bilhete simples custa 1,45 €, independentemente da distância percorrida. O metro funciona das 06:30 à 01:00. Para mais informações, consulte o Website oficial.

Autocarros em Lisboa



Os autocarros são fáceis de utilizar e chegam a todas as partes da cidade, embora sejam morosos. Pode obter um mapa dos autocarros e dos elétricos num centro de visitantes.

Um bilhete simples custa 1,45 €, independentemente da distância percorrida. Passe o cartão Viva Viagem junto ao leitor para o validar quando entrar no meio.

Os autocarros noturnos funcionam das 00:30 às 05:30. Os números começam por um 2 e as paragens apresentam um ícone de lua azul.

Elétricos em Lisboa


Os elétricos funcionam em 5 linhas no centro e na parte oeste da cidade. O antigo elétrico 28 é uma forma divertida de ver as partes velhas da cidade, com paragens junto à Sé de Lisboa, ao Castelo de São Jorge e ao Miradouro de Santa Luzia, entre outras atrações emblemáticas. Entre abril e setembro, está apinhado durante o dia. Para uma viagem mais tranquila, pode viajar à noite, utilizar o elétrico turístico mais caro operado pela Yellow Bus Tours ou experimentar o 25, que percorre a metade oeste do itinerário.

Os elétricos começam o serviço às 06:00 e terminam em horários diferentes, sendo que o último parte às 23:00. Os horários mudam regularmente e são afixados nas paragens. Os cartões de viagem têm de ser validados no leitor no início da viagem.

Funicular

Os 3 elevadores ou funiculares de Lisboa transportam pessoas até ao cimo das colinas íngremes da cidade desde o final do século XIX e são considerados monumentos nacionais. Não funcionam com muita frequência, mas vale a pena esperar se procura uma forma pitoresca de chegar de A a B. Os locais são:

  • Elevador da Bica, entre a Rua de São Paulo e o Largo do Calhariz. Funciona até às 21:00.
  • Elevador da Glória, entre a Praça dos Restauradores e o Bairro Alto. Funciona até à meia-noite.
  • Elevador do Lavra, entre o Largo da Anunciada e a Rua Câmara Pestana. É o mais antigo e o menos concorrido. Funciona até às 20:00.


Elevador

Elevador de Santa Justa ornamentado em ferro fundido, entre a Rua do Ouro e o Largo do Carmo é considerado um incontornável, com uma plataforma/café panorâmico no topo com vista para a cidade. Funciona das 07:00 às 22:00 e custa 5,15 € para 2 viagens. As filas costumam ser longas.

A forma mais comum de subir a encosta entre a Baixa e o Chiado é através das escadas rolantes da estação de metro Baixa-Chiado.

Outros elevadores úteis (e gratuitos) da Baixa em direção ao castelo situam-se entre a Rua dos Fanqueiros e a Rua da Madalena, e entre o Largo Atafona (dentro do parque de estacionamento do Pingo Doce) e a Costa do Castelo.


Táxi

Os táxis são pretos e verdes ou de cor creme. Pode apanhá-los na rua (quando a luz no tejadilho está acesa, significa que está disponível) ou nas praças. Funcionam com um taxímetro que começa nos 3,25 € durante o dia e nos 3,90 € à noite. Os motoristas não costumam ter muitos trocos, por isso não aceitam notas grandes.

Para reservar com antecedência, experimente a Rádio Táxis (+351 219-362-113) ou a Teletáxis (+351 218-111-100). As aplicações de smartphone como a 99Taxis e a MEOTaxi permitem-lhe contactar 5 empresas de táxis nas proximidades.




Informações importantes


As lojas abrem às 09:00 ou 10:00 e fecham normalmente por volta das 19:00. As cadeias de lojas podem abrir mais tarde. As lojas mais pequenas e as que se encontram fora do centro fecham entre as 13:00 e as 15:00 e um ou mais dias por semana. Os grandes centros comerciais abrem diariamente até à meia-noite.

Se procura artesanato, lembranças originais ou comida, vale a pena explorar um dos mercados tradicionais de Lisboa. As zonas comerciais importantes incluem a Baixa e o Chiado.

Zonas comerciais em Lisboa


A maior concentração de lojas situa-se na Baixa, cujas principais ruas comerciais incluem:

  • Rua Áurea: vulgarmente conhecida como Rua do Ouro, repleta de joalheiros e ourives
  • Rua da Prata: com mais joias e acessórios
  • Rua Augusta: para peles, livros, retrosarias e lojas de especialidade com vinho e queijo português


A elegante Rua Garrett no Chiado conta com boutiques de estilistas e grandes marcas internacionais. Também encontra produtos de luxo na Avenida da Liberdade ladeada de árvores. Os criadores locais vendem roupas e artigos para a casa em espaços surpreendentes na Rua Dom Pedro V, no limite norte do Bairro Alto.

Centros comerciais em Lisboa



Os Armazéns do Chiado são um pequeno centro comercial de 6 andares no centro da cidade que alberga cerca de 50 lojas e uma praça de alimentação. Os grandes centros comerciais nos subúrbios incluem o Centro Colombo (com um cinema com várias salas), o CentroComercial Vasco da Gama e o Centro Comercial das Amoreiras.

Mercados em Lisboa

  • Mercado da Ribeira é um grande e antigo mercado de produtos alimentares. A parte tradicional abre das 06:00 às 14:00. Metade do espaço transformou-se no Time Out Mercado da Ribeira, uma praça de alimentação gourmet onde se vende de tudo, desde charcutaria e ginjinha a gelados.
  • Mercado de Campo de Ourique oferece peixe, fruta, queijos, vinhos e comida rápida gourmet.
  • Mercado de Fusão, na Praça Martim Moniz, é especializado em comida de rua internacional.
  • A principal feira de Lisboa, a Feira da Ladra, tem lugar à terça-feira e ao sábado. Aqui pode encontrar roupas, lembranças, antiguidades e itens retro. A maioria dos vendedores regateia, embora alguns insistam num preço fixo.


0 Partilhe a sua opiniāo: